2 de jul de 2010

Formula One 05 (Playstation 2)




Formula One 05

Produtora: Sony Computer Entreteniment
Desenvolvimento: Studio Liverpool
Plataforma: Playstation 2
Jogadores: 1/2
Gênero: Corrida

Em meados de 96, Sony assegurou a exclusividade dos jogos oficiais de Fórmula 1 (Coisa que já não existe, pois a licença para os jogos atualmente está nas mãos da Codemasters), o que garantia a exclusividade para seus consoles (o que significou a exclusividade do PSOne,
posteriormente o Playstation 2 e o PSP - este recebeu uma versão "menor" de F1 2005 e uma da 2006 - e mais posteriormente o Playstation 3 - que recebeu o último F1 da Sony). Essa semana, o nosso review é sobre a versão 2005 e você me pergunta, caro leitor: Porque o F1-05? Primeiro porque eu tenho o jogo original, e segundo porque eu quero e esse review é meu. Rá! Enfim, vamos nessa!




O Jogo:
Mais uma vez estamos falando do gênero corrida, e em 97,85% dos casos, o jogo não tem história, a não ser que pra você, ganhar campeonatos seja história. O objetivo em F1-05 é correr, correr e vencer. Você pode criar um piloto e correr por cinco temporadas no modo carreira, fazendo sua história e ganhando títulos para sua sala de troféus (não aqueles do PS3, mas troféus exibitivos, oras!) Ou pode escolher um dos 20 pilotos disponíveis e ganhar um campeonato por puro lulz e para comer mulheres (tá, isso não tá disponível no jogo, mas entendeu o meu ponto).
É possível também correr pelas pistas livremente para bater os tempos lá e desbloquear novos carros e duas pistas secretas.

Outra coisa bacana do jogo, é a compatibilidade dele com a câmera EyeToy (que por sinal eu possuo), do Playstation 2. Com ela, usando o software EyeToy Cameo (incluso dentro do jogo) é possível criar um modelo 3d da sua cabeça e colocá-la no seu piloto, aviso de antemão que é um trabalho difícil e demorado, mas os resultados são muito engraçados de se ver... Muito melhor do que aquela coisa xexelenta que a Activision colocou pra EyeToy no Tony Hawk American Wasteland (aliás, gosto muito desse jogo).



Jogabilidade:
A dirigibilidade do jogo é ótima, ela tem recursos que ajudam a acostumar o piloto com o carro e com a pista, essas ajudas, conforme o jogador se acostuma e se sente mais seguro de si no jogo, ele pode desligar esses recursos, o que torna tudo mais realista.
Tudo no jogo, remete a versão real, os treinos e as corridas, embora essas (nas opções) possam ser corridas de maneira reduzida (reduzindo a 10%, 20% da duração original). Nos pit-stops, rola um pequeno quick-time event que define quanto tempo você vai levar no pit-stop, mas é curto demais e não desenvolvido na totalidade. (ele seria melhorado na versão 2006).
No modo carreira, você escolhe entre três equipes pequenas para começar: Minardi, Jordan e a Red Bull Racing (bem antes dela se tornar uma equipe foda) e conforme seu desempenho, propostas de outras equipes aparecerão, o ideal é esperar o fim da temporada pra trocar de equipe, pois as melhores propostas sempre aparecem depois de um título.
O ponto desastroso do game são os carros desbloqueáveis, a dirigibilidade destes... É impossível, pelo menos pra mim, a não ser que tenha algo que se possa fazer.



Gráficos:
Extremamente competentes, o traçado das pistas é bastante fiel aos percursos reais, os carros são detalhados o bastante para que você consiga identificá-los, mas os patrocínios referentes a tabaco e álcool foram removidos, como nos jogos anteriores. Os menús são bem simples e diretos. Como o jogo é europeu, existe várias opções de idioma, incluindo o português, o que facilita muito para nós brasileiros que gostamos disso. O único problema visual do jogo são as HUD's durante as corridas que são muito confusas, além de não ser igual as HUD's da TV (algo que estaria na versão posterior do game).


Sons:
Aqui é aquela parte aonde não tem nada demais, apenas o ronco dos motores e as músiquinhas de fundo nos menus, e isso caiu como uma luva para o game. O destaque aqui fica para o tema de abertura do jogo, que é a música "Butterflies & Hurricanes" da banda Muse.


Finalizando:
F1-05 não é o game definitivo de Formula 1 de todos os tempos, mas é uma excelente aquisição para quem deseja algumas horas de diversão e correr feito um louco sem ser multado e ainda tirar uma com a cara de babacas como Alonso e o Schumacher... Que foi? Depois que se aposentou, e voltou nesse ano o Schumacher virou um babaca! E o Alonso sempre foi, mesmo depois do bi-campeonato!

Nota: 7,5/10

3 comentários:

  1. Cara,nunca consegui curtir jogos de formula 1, joguei varios, mas é um genero que não vai.

    Nem sequer recordo qual o ultimo titulo de joguei, hahahah!

    Mas a analise ficou otima ;)

    ResponderExcluir
  2. preciso de uma informação é possivel pilotar o carro F1 com o EYE TOY ?

    ResponderExcluir
  3. @Anonimo:
    Não, a EyeToy usa o programa EyeToy Cameo para fotografar seu rosto de frente e de lado para colocar a sua cabeça na do piloto, que é exibido nos pódios.

    EyeToy é a camera do PS2, antecessora da Playstation Eye. (Camera do ps3)

    ResponderExcluir