30 de mar de 2015

Pais podem ser denunciados por deixarem seus filhos menores jogarem Call of Duty


Não é de hoje que sabemos que jogos como Grand Theft Auto V ou qualquer outro título que tenha um 18 na capa não são recomendado para crianças, estas que a cada dia que se passa, possuem contato mais cedo com títulos adultos.

Enquanto aqui no Brasil nada é feito, no Reino Unido, as escolas primarias resolveram pegar pesado e um grupo de diretores alertaram aos pais que deixam seus filhos jogarem jogos para maiores de 18 anos, de que poderiam ser denunciados à policia e aos serviços sociais por negligência.

Essa iniciativa partiu do Nantwich Education Partnership, que atualmente representa 16 escolas primarias e duas secundarias e mês passado enviou uma carta ao The Telegraph, informando a situação e as medidas que podem ser tomadas.

A carta dizia:

"Várias crianças relataram que jogavam ou assistia adultos a jogarem jogos que são inadequadas para a sua idade e eles descreveram os níveis de violência e conteúdo sexual que testemunharam: Call of Duty, o Grand Theft Auto, Dogs of War e outros jogos similares são todos inadequados para crianças e elas não devem ter acesso a eles.

Se o seu filho é permitido ter acesso inadequado para qualquer jogo ou produto associado que é designado 18-plus somos aconselhados a entrar em contato com a polícia e assistência social para crianças, pois é negligente.
Os pais também foram advertidos sobre permitir que seus jovens tenham contas em sites de mídia social como Facebook e WhatsApp, pois poderia torná-los vulneráveis ​​ao aliciamento sexual."

Segundo o Nantwich Education Partnership, " Jogos como Call of Duty e Grand Theft Auto poderá resultar em "comportamentos sexuais precoces".

Bem, vocês concordam com essa atitude por parte das escolas primarias? deixem sua opinião.

Fonte: Telegraph


Nenhum comentário:

Postar um comentário