28 de mai de 2011

Sonic And Sega All-Stars Racing (Nintendo DS)



A série SuperStars da Sega começou com um obscuro título de PS2, intitulado Sega SuperStars, que fazia uso da EyeToy (camera do PS2), e depois, teve o mal fadado Sega SuperStars Tennis (para todos os consoles, sendo ruim igualmente em todos). Quando anunciado (O jogo Sonic And Sega All-Stars Racing), todos ficaram com um pé atrás em relação ao jogo e a demonstração na E3 daquele ano, não ajudou muito. Além do que, o cara que tava jogando era ruim pra cacete. Pois bem, o jogo foi lançado em 2010 e só agora pude jogá-lo, confira nossa análise...

O jogo não tem uma história em si, é como Mario Kart, simplesmente vença os campeonatos e acumule milhas pra desbloquear outros personagens. Existem seis copas e uma pancada de desafios, você é durão o suficiente para encarar todos eles?

O jogo é um Crazy Racing, como Mario Kart, explicarei como funciona o básico: Corra, pegue itens, vença as corridas. Mas como funciona?


As corridas do modo Campeonato são padronizadas em três dificuldades (Fácil, Normal e Difícil), cada uma com seis pilotos e três voltas, sendo que cada campeonato possui quatro circuitos. Os itens dão boosts (turbos), misseis comuns e teleguiados, cones explosivos, Arco-Íris que são usados pra deixar a visão do oponente turva, ítens que viram a tela do oponente de ponta cabeça, escudos, mísseis com detonador remoto e a estrela que dá direito ao all-star move.


O All-Star Move é uma técnica especial que o usuário fica invencível e muda a forma de pilotar (Sonic e Shadow por exemplo, entram em sua forma "Super") e permite ataques infinitos por um tempo.

A quantidade de pilotos é boa e até maior que a de Mario Kart DS, após comprar os outros pilotos com as Sega Miles (unidade equivalente a dinheiro e ganha a cada corrida - no single race -, campeonato ou missão concluida) ficam um total de 20 pilotos disponíveis. As Missions são coisas que variam desde vencer corridas a passar pelos aros até a linha de chegada antes do tempo acabar, ou esmagar os caranguejos com o Big. Cada personagem é parte da história da Sega, temos no elenco, Sonic, Jacky (Virtua Fighter), Ulala (Space Channel 5), Ryo Hazuki (Shenmue), Alex Kidd e Opa-Opa. Sim, Opa-Opa, de Fantasy Zone. Agora você pode fingir que está jogando um Fantasy Zone em 3D feat personagens da Sega...

...

Ok, eu peguei pesado agora.

Mas enfim, em termos de personagens e circuitos, não há o que reclamar, há o suficiente para o manter entretido por um bom tempo. Aí, caso você seja ao contrário de mim, e tenha amigos com DS por perto de onde vc mora, pode jogar usando o sistema sem fio do próprio DS ou caso tenha acesso a Nintendo WFC, pode jogar com pessoas de outros lugares.

Ah! Droga, tinha esquecido de algo importante no jogo. O Drift. Você sabe o que é o drift, é o conceito de guiar o carro enquanto se faz uma curva, utilizando os freios. Claro, que na vida real tem muito mais física em jogo, mas no videogame geralmente é isso. O Drift nesse jogo, é uma parte muito importante, pois quando utilizado, permite usar um turbo pra ganhar velocidade e permite ultrapassagens.


Graficamente falando é um assombro, não deixando a dever com relação as versões de console e pc. Os modelos estão ótimos, e diabos, se a Sega quisesse, ela poderia fazer um Crazy Taxi no DS sem problemas. Ao invés de padronizar os personagens a um estilo cartunesco pra ficarem iguais, a produtora optou por deixar os modelos originais, ficando muito melhor. Para velhacos, ver Alex Kidd pilotando sua clássica moto numa versão 3D fantástica, ou pilotar a nave Opa-Opa é de cair uma lágrima no canto do olho. Os cenários estão deveras bonitos, fazendo referência a diversos jogos da Sega, como Jet Set Radio, Billy Hatcher and The Giant Egg, Super Monkey Ball, Sonic e Samba de Amigo, cada um com um traçado bem feito. O jogo peca apenas em alguns efeitos visuais dos ataques sendo atingidos, mas Mario Kart DS tem o mesmo problema e não tenho críticas quanto a isso.

Sonoramente falando é muito agradável, contando com músicas retiradas de vários jogos e refeitas pro Sonic And Sega All-Stars Racing, e ficaram muito boas. E afora isso, tem os jingles do All Star Move, que contam com a música tema de cada personagem. A dublagem, conta com apenas algumas frases de cada personagem, e se meus ouvidos não me enganam, há até uma provocação especial de Alex Kidd pra cima de Sonic. Este, no caso, foi um dos últimos trabalhos de Jason Griffith como Sonic (ele foi substituído - graças a deus - em Colors) e este já foi tarde.

Finalizando, Sonic And Sega All Stars Racing é um ótimo jogo, que dá para passar um bom tempo com ele, se tiver com quem jogar online ou via wireless, melhor. Ganha um 10/10 e ponto final.

Produtora: Sega
Desenvolvimento: Sumo Digital
Plataforma: Nintendo DS (Também para PC, PS3, Wii e Xbox 360)
Gênero: Corrida

Nota: 10/10

Nenhum comentário:

Postar um comentário