24 de abr de 2011

Shock Troopers (Neo Geo)


Shock Troopers

Produtora: Saurus
Plataforma: Neo Geo.
Gênero: Run And Gun
Jogadores: 2

A organização DO MAAAAAAL 'Os Escorpiões Sanguinários' (que com um nome criativo desses, devem ser primos da Organização Cobra. Se você sabe de onde veio a Organização Cobra, toca aqui! o/) sequestrou um cientista e sua neta gostosinha (sim, ela é bonitinha pacas e estampa o flyer do jogo) para poder obter uma droga poderosa, a Agent-301. E uma equipe especial, formada por 8 parentes e amigos de Arnold Schwarznegger e Sylvester Stallone (que ainda estavam ocupados tentando zerar Contra) deve sair fuzilando inimigos feito o Braddock, e lutar contra o Comandante Cobra, digo, o Comandante Barba (não é esse o nome, mas ele tem uma barba) para salvar a neta do cientista, e o mundo. Enredo simples, colocam um monte de inimigos, e disseram, ali, atire neles! Nada de metáforas de guerra ou clones dos clones dos clones.


Pra se jogar, tem dois modos, o Lonely Wolf, também conhecido como modo Rambo, aonde você escolhe um dentre oito personagens e sai atirando em tudo que se mexe. Já o Modo Team Battle, também conhecido como 3 x 1, você escolhe uma equipe de 3 personagens e sai atirando em tudo que se mexe. A diferença entre os modos, é que basicamente no Lonely Wolf você começa a fase com o sangue cheio, enquanto no Team Battle, a life começa menor, e há bonus conforme os estágios. Há 3 rotas de seis fases para se escolher, e no meio da rota é possível alterar o curso, chegando ao confronto final na Aeronave do comandante barba.

Há três ou quatro botões de ação, dependendo do modo de jogo, sendo o quarto usado no Team Battle. Basicamente é tiro, rolamento e granada, e o quarto botão é usado para troca de membros. A ação é sempre frenética na tela, com você tendo que rolar, atirar e em alguns momentos, lançar granadas. A movimentação é em oito direções, o que significa porra nenhuma. Atacando em proximidade, pode-se esfaquear o inimigo para conseguir bonus em pontuações. Os chefes são a princípio fáceis, mas mais adiante as coisas começam a complicar, com mais ataques e mais inimigos simultâneos, e não será incomum você gritar "PUTA MERDA, FUDEU" nos estágios finais. Há um bom arsenal de armas disponíveis, mas elas não são intercambiáveis, assim que você pega uma arma, a anterior (exceto a padrão) é descartada, mas a munição é limitada. Cada personagem tem pequenas características únicas, como velocidade e tipo de bomba, então, caso queira um jogo balanceado, escolha o Team Battle.


Graficamente é bem competente, com persoanagens bem animados, mesmo que pequenos. O jogo não tem frescura e o sangue rola enquanto se atira nos inimigos, podendo arrancar seus braços ou explodí-los, além de botar fogo neles. Os chefes são aquela coisa militarizada, embora as vezes fique repetitivo, enfrentar o mesmo helicóptero ou o mesmo tanque recolorido. Os cenários são bonitos, e com detalhes, além de possuirem coisas que podem ser destruídas. Entre as fases, há pequenas cutscenes com imagens no bom e velho estilo anime, que casam com a proposta do jogo.


Sonoramente é competente, apesar de que toda a música fique tapada pelos tiros e gritos, são boas músicas. Há vozes no jogo, somente em japonês, nada com que faça abrilhantar, mas nada de ruim.

Enfim, pra quem gosta de arcades, Shock Troopers é uma boa pedida, e leva Score 86/100.

Shock Troopers (SNK/Saurus, 1997)

Nota: 86/100





2 comentários:

  1. Ótimo texto, muito dinâmico, rachei de rir do "Botar fogo", incrivelmente repito isso o tempo todo...

    Muito bacana, vou adicionar aos jogos para jogar no futuro... Bem no futuro...

    ResponderExcluir
  2. Cara, deve ser muito foda esse jogo!

    Gosto muito de jogos desse gênero e vindo da SNK, podemos esperar um game aos moldes de METAL SLUG.

    O que é bom, já que gosto muito da série!

    Otimo post :D

    ResponderExcluir